sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Feira em Dois Córregos

Feira em cidade pequena é uma delícia, né! Queijo fresquinho, manteiga natural (ai meu São Colesterol!), café torrado e aquela simpatia que só o pessoal "de sítio" tem.

Fui lá para comprar um queijinho para minha mãe e acabei fazendo a festa. A "tia" do café me ganhou quando ofereceu o pó: "É novinho! Foi coido, torrado e muído onti!". Falando isso com um bagaço de laranja na boca, toda "simprona". Quer café melhor que esse? Sem "grotóx", sem química, só café! Delícia dos deuses! O cheiro dele é bem diferente dos Melitas da vida.

E o queijo? Saiu da forma para o saquinho e então para a minha sacola. É claro que como é produzido artesanalmente, corre-se o risco de doenças e outras coisas que foram erradicadas com as normas de saneamento do ministério da agricultura e tudo mais. Mas a minha avó fez queijo e manteiga assim a vida toda dela. Não dá pra simplesmente cortar da nossa vida essas delícias naturais só porque não têm o selo de um órgão do governo.


Falando em governo, a feirinha está ameaçada, pois a prefeitura da cidade doou um pedaço da praça Francisco Simões (que é onde ocorre a feira) para o ministério público construir um prédio. Esse fato está gerando muita polêmica na cidade, visto que o local é um dos poucos pontos de lazer dos doiscorreguenses. É o local dos carrinhos de lanche (hmmmmmmmm), pipoqueiros... e ás sextas feiras é o local que abriga a feira, em que produtores locais vem vender a produção.

A população está fazendo um abaixo assinado para impedir a construção do prédio na praça. A polêmica é complicada, a defensoria pública realmente precisa de um local próprio para atender a população. Mas não acho certo utilizar a praça para isso. Há vários outros locais por perto que poderiam servir para isso, mas é lógico que ninguém quer colocar a mão no bolso.

Fico indignada com essas coisas, pois recentemente construíram "portais" na entrada da cidade. São horríveis, não servem nem como decoração, nem para que turistas percebam que já entraram em Dois Córregos. Sem contar que os carros têm que desviar do portal em plena pista pois foi feitos todo torto. Pra isso pode gastar dinheiro, né?

Eu ainda voto em Dois Córregos, e apesar da pouca oferta, vou procurar um vereador que não tenha participado nesse tipo de decisão (os vereadores aprovaram o projeto por 7 a 2).

A praça fica há alguns quarteirões da casa da minha mãe, em frente a uma escola de ensino fundamental. Eu e minha irmã íamos muito lá para jogar bola, pular corda... Perdi algumas bonecas por lá...

Enfim, hoje fiquei toda alegre e saltitante com meus produtos da feira, mas por outro lado fico preocupada com o rumo que as coisas tem tomado...

Abaixo um vídeo feito por uma emissora regional.

Pin It button on image hover